sexta-feira, 22 de julho de 2011

O amor também propõe aventuras !

 Muitas pessoas sonham em viajar e conhecer novos países, cidades e pontos turísticos ao redor do mundo, mas na maioria das vezes desconhecem as maravilhas da cidade em que moram. O Rio de Janeiro é umas das cidades mais lindas do mundo e não é exagero. Há muito mais maravilhas do que possamos imaginar. É claro que temos os problemas, mas todos eles comuns aos das grandes metrópoles do país. Em nenhum lugar do mundo você tem a opção de sair de casa, fazer um passseio ecológico, ir à praia e depois para balada no mesmo dia ! Tá por fora do que a cidade tem para oferecer ?   Então hoje a dica é para você que não conhece nada da própria cidade em que nasceu e/ou vive.
  Nosso estado é privilegiado quanto a diversidade natural. Apesar dos impactos que o aumento desenfreado da população causa a natureza ainda temos muitos espaços onde a beleza natural se mistura a história de nossa cidade. Um destes espaços é a Floresta da Tijuca. Ela se localiza no município do Rio de janeiro e é terceira maior áreas verde urbana do país. Fica atrás apenas do Parque Estadual da Pedra Branca e do Parque da Cantareira.
  O mais interessante da floresta é que ela conta um pouquinho da história de nosso estado e país. Trata-se de uma mata secundária. Isso significa que o que vemos hoje da floresta não é muito de sua vegetação original. Trata-se de uma vegetação que é fruto de um reflorestamento feito na época do Segundo Reinado. O território foi desmatado para dar lugar a uma área de plantação de café .  A consequência deste desmantamento já naquele período foi de grande impacto para fauna, para flora e para toda a população que ali vivia na época. As fontes de água potável foram reduzidas e tivemos um periodo grande de seca ( sem chuvas) .
   O interessante é que naqula época eles conseguram associar estes problemas ao fato da floresta ter sido desmatada.  Assim o major da polícia militar da época, Archer foi escalado com a missão de reflorestar a mata. O ínicio da missão contou com o trabalho de 6 escravos. Em 1861 foram plantadas mais de 100 mil mudas em 13 anos.  A maioria delas nativa da mata atlântica. O substituto do Major Archer, o Barão d'Escragnolle, empreendeu um trabalho de paisagismo, transformando a floresta em um belo parque para uso público, com áreas de lazer , fontes e lagos que podem ser visitados até hoje !
   
   A Floresta da Tijuca é uma importante área de lazer com trilhas e espaços privilegiados para prática de esportes, ciclismo, corrida e montanhismo. Dispôe de praças com brinquedos para crianças espaços reservados para churrascos, confraternizações familiares e comunitárias e restaurantes. Para utilizar as churrasqueiras é importante chegar cedo !
   A administração do Parque oferece passeios com guia aos sábados e domingos e, mediante agendamento, para escolas e grupos durante a semana. Diferentes empresas especializadas em turismo de aventura e ambiental também realizam passeios pela floresta. Na área cultural, abriga o Museu do Açude.
  Suas inúmeras trilhas são mais ou menos demarcadas e sinalizadas. Algumas permitem passeios sem guia; em outras, este é recomendável. Entretanto, não existem restrições, pois o policiamento atua apenas em caráter informativo. Por isso é importante fazer o passio com um grupo para evitar problemas como se perder, por exemplo. Das vezes que estive lá presenciei problemas como assalto apenas uma vez. E este foi logo resolvido, pois após a denúncia aos policias do parque , imediatamente todos eles são acionados para reforçar a segurança e procurar os assaltantes.
  As trilhas são classificadas por diversos níveis de dificuldade, e permitem o contato com a natureza tanto para crianças e idosos, quanto para aventureiros. O Centro de Visitantes da Floresta comercializa mapas e guias a preço de custo. A obediência às regras do parque é imprescindível para a conservação das matas. Turistas podem informar-se a respeito no Centro de Visitantes.
   Não é preciso ser mega esportista ou conhecer a floresta para visitá-la.Eu, por exemplo sou uma clássica sedentária e sempre que posso faço uma trilha. O espaço do parque é asfaltado e sinalizado para as áreas onde têm resataurante, museu, churrasqueira... Agora se você quer conher a floresta por dentro, passando pelas trilhas recomendo que faça isso com um guia e/ou grupo. Um grupo de guias que recomendo MUITO é o "Trilhas do Rio de Janeiro". Eles são rapazes super experientes e qua fazem isso a anos ! Trabalham com trilhas  e travessias por todo o Estado e para todos os gostospor um preço ótimo ! Sempre há uma programação de passeio na comunidade do Orkut (http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=272818) ou na página deles na internet (http://www.trilhasdoriodejaneiro.com/reportagens.html) . Apenas preste atenção no nível de dificuldade explicitado por eles ! Para quem está começando é bom começar por uma trilha leve ou mediana ! Na página também fala o que levar para cada passeio. Quanto as roupas, prefira algo leve, vista tênis! Nada de jeans !


   Garanto, que quando fazemos uma ficamos viciados ! É maravilhoso para fazer em casal. Com certeza vai ser um passeio inesquecível e para repetir várias vezes, pois a cada visita você vai querer conhecer outro ponto  !
Pontos que indico :
Pico da Tijuca ( dá para ver a cidade TODA lá de cima, inclusive o Maracanã e o Engenhão); Bico do Papagaio ; Lago das fadas; Cachoeira das almas ; Açude da Solidão; Centro de visitantes.
   Sendo assim , fica a dica ! Sigam as intruções do Parque e dos Guias e apoveite o passeio ! 
   O toque de romance é com você !



 
Lago das Fadas. ( Não pode tomar banho.)


 Cachoeira das almas ( Pode tomar banho)



 Escada do Pico da Tijuca



 Uma das vistas lá de cima do Pico.





Açude da Solidão (Não pode tomar banho !)



Pico do Papagaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário